cea

Reflexão sobre PatBo para C&A e outras parcerias

17:52

As parcerias entre lojas de departamento e estilistas famosos estão cada vez mais comuns. Os consumidores ganham por ter acesso a um produto com informação de moda e estilo daquele estilista que admiramos mas que são inacessíveis ao grande público. Ontem foi dia do lançamento da Coleção PatBo para C&A, e alguns acontecimentos me fizeram refletir...

Curti muitas peças da coleção mas na minha opinião nem todas o acabamento e tecido valiam o preço. Ex: Renda.
Primeiramente, não me empolgo a cada anúncio de parceria de estilista renomado com lojas populares. É um mix de já ter trabalhado em loja, ter falta de pique para ver o tumulto e preguiça de acordar cedo para conferir as peças. Mas enfim, como tive um compromisso próximo ao local e já estava a procura de um vestido resolvi conferir.

Cheguei às 11:00 da manhã e não tinha sequer uma peça nas araras para contar história e ainda uma fila enorme. Dei uma volta para ver o movimento e o que me deixou impressionada foi o fato de ter pessoas com tanta peça que pareciam que iam revender depois. Bastou andar mais um pouco para entender, as pessoas estavam apenas soltando as peças em troca de outra para provar! As peças serviam como garantia de troca. (risos)

Perguntei a um dos funcionários se teria reposição depois e ele disse que não. Fiquei conversando e escutando as histórias das pessoas para pegar uma peça. Em outras lojas funcionários contavam a loucura que foi, gente correndo pelos corredores e outras que já iam retirando dos manequins em segundos. Pelo menos, não foi como em outros lugares onde teve gente rolando no chão assim que a porta deu brecha para passar (haha). Voltei às 12:00 e acabei gostando de uma peça da loja, fui provar e não enfrentei fila. Lá dentro, encontrei uma amiga que me deu as peças que estavam com ela para que eu provasse. Gostei de um vestido e comprei. Fui abordada assim que sai do provador por outras querendo saber se eu queria trocar (rs), quando disse que podiam ficar as peças voaram das minhas mãos sem nem conseguir ver quem tinha pego o que.



O que eu não consigo entender é o desespero que ainda existe por uma peça de roupa. Tenho certeza que muita gente adquiriu na empolgação, pela competição na loja, que não estavam julgando a qualidade das peças x custo-benefício (não gostei das peças de renda e tinham outros modelos com preços melhores, mais bonitas e bem acabadas). Por outro lado, tinha um montão de peças da parceria anterior lá pertinho do caixa, várias peças abandonadas por desistência ou falta de limite.

Toda essa história por um simples motivo, vi a educação sendo trocada por uma roupa e isso me incomodou muito #desabafos. Vamos parar e refletir o que vale a pena de verdade, né? ;)


Foto: Amiga tô bonita? / reprodução.

Você também pode gostar de:

0 comentários

Obrigada por sua opinião,é essa troca que torna o blog cada dia melhor..=)

Deixe seu link, junto com sua mensagem para que eu possa conhecer seu blog =D.

E para quem não tem respondo por aqui,ok?

BJS, Luzi.

P.S.:Os comentários são moderados.

Projeto

CURTA